Animação Vocacional

Formação Animação Vocacional - Fotos

A Animação Vocacional envolve toda a ação vocacional, seja ela nos Institutos Religiosos, nas Comunidades e não agir global da Igreja. Ela acontece em etapas específicas, respeitando a caminhada do(a) vocacionado(a):

- primeiro momento: “despertar”, tomada de consciência dos vários caminhos que se abrem para seu futuro;
- segundo momento: “discernir”, recebe ajuda para realizar uma escolha livre e consciente;
- terceiro momento: “acompanhar”, é todo o cuidado com o processo de amadurecimento e o desenvolvimento da vocação;

(cf. Curso: “Instrumentais do Serviço de Animação Vocacional”, Pe. Alberto Chiquim, Edusol,CNBB)

Todo(a) vocacionado(a) é aquele que se sente chamado por Deus para uma determinada missão a realizar.
No caso da Vida Religiosa é todo(a) jovem que se sente chamado(a) a seguir Cristo, mais de perto, assumindo a causa do seu Reino.


FORMAÇÃO INICIAL

O período de formação inicial de uma jovem para fazer sua opção pela Vida Religiosa compreende as seguintes etapas:

Pré-Noviciado(Aspirantado, Postulado): período em que a jovem faz uma nova experiência de vida evangélica que lhe permitirá passar da intenção inicial de consagrar-se ao Senhor à decisão de tornar-se uma Mestras Pia Filippini;
Noviciado: é o período de iniciação integral à forma de vida escolhida pelo Filho de Deus, é o avio do processo de assimilação dos seus sentimentos, no espírito do Carisma que, no nosso caso, é seguir Cristo Mestre, dedicando-se à educação cristã da juventude.
Juniorado: período explicitamente formativo para a oblação perpétua, consagração definitiva ao Senhor.
(cf. texto: “A formação no Instituto das Mestras Pias Filippini”, Casa Geral, Roma, 1999)